terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Ode à Tenesse Williams

 
Esta imagem pode ter direitos
 
 
"A humanidade é uma grande esperança perdida. Cada homem esta trancado dentro de si mesmo e sua alma é semelhante a um poço onde só o sofrimento vive e se agita. Solidão, loucura, e marginalidade são os destinos das criaturas que se corrompem no dinheiro e no desejo - carcereiros da alma. Não há liberdade fora da morte. A vida é violência e ritual antropofágico. Os únicos companheiros do individuo são o medo e a solidão. E, para eles, não há remédio; conseguentemente, não há cura."
  (Tenesse Williams)
 
Coletivo In Process.
Em breve novidade...
Mergulhado nos estudos...
 
Evoé
Marcelo Oliveira
 
(Esta imagem pode ter direitos)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário