sábado, 8 de dezembro de 2012

Um delicia de projeto, saindo do forno.
Em 2012 versão pocket show - 12 musicas, voz, violão e percursão.
 Aguardem versão Show 2013.
 
Amar é... curtir além do facebook os seus desejos com pessoas amadas.
 
Evoé.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Seleção
 
crédito de imagnes para blogdoenio.net
 

O palavrinha essa!... Seleção.
Seleção natural,
Seleção brasileira,
Seleção de prioridades,
Seleção estrangeira,
Seleção dos melhores,
Seleção do piores,
Seleção artística,
Seleção de artigos,
Seleção de cores,
Seleção de roupas,
Seleção de modos,
Seleção de embriões,
Seleção de atitudes,
Seleção de lixo,
Seleção, seleção, seleção...
Veio do Latim SELECTUS, particípio passado de SELIGERE, escolher, definir, selecionar,
de SE-, à parte, de lado, mais LEGERE, reunir, escolher.
Separar, colocar de lado, reunir, juntar às escolhas.
Ao acordar selecionamos momentaneamente  nossas ações, nossos pensamentos, nossas atitudes, nossos valores, nossas vontades e nossas necessidades.
Catalogamos nossas vontades à nossas necessidades, num desejo de transformar a vida.
Vida, essa sim uma palavra a ser selecionada. A vida que é um sopro, um vento, uma brisa.
Devemos experimentar a seleção do que é bom, que nos faz crescer  e colocar de lado o que
 é mal (nossos diabos).
Selecionar o que traz paz, amor, alegria, pureza, força e verdade.
Assim apartando as qualidades da sua alma, vamos selecionando o que realmente vale a pena.
Quem sabe podemos entender com clareza o sentido da palavra seleção!...
On Shanti.

Evoé
Marcelo Oliveira

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Perfeito


Credito imagem:LuZeS Do TeAtRo
cfreire.info

Perfeito

Férias devia ser um período perfeito para não se fazer nada ...
Tão perfeito que agente podia ter o prazer de ficar na cama descansando.
Perfeito mesmo é ver um filme com final perfeito... Ah! de férias pode até ser imperfeito.
Perfeito comer uma pipoquinha debaixo do edredom curtindo o friozinho das férias perfeitas.
Para ser mais perfeito depois do filme você ter ainda tempo para ir até a sua estante de livros e achar aquele livro perfeito que o filme aguçou sua vontade de culturalizar- se.
Perfeito também dormir, dormir ou talvez sonhar... Como Hamlet no meio da sua loucura.
E no mais perfeito dos sonhos acreditar que tudo o que a gente anda fazendo é para atingir uma certa perfeição desejada para atingir certos parâmetros perfeitos para existir.
Perfeito, tranquilo, sonhando, quietinho... Ah! Cansei
E de relâmpago um grito perfeito de acordar o vizinho...
Cansei de ser perfeito! Me deixa errar, me deixa tentar, me deixa experimentar.
Não quero ser, pretérito, nem perfeito, muito menos prefeito.
Só quero ter o meu descanso tranquilo, perfeito...
Perfeito com as luzes do palco da vida, apagando aos pouquinhos ... Para que eu possa devagar ir notando com o fechar dos meus olhos o quanto tudo foi PERFEITO.
Perfeito! PERFEITO! Foi tudo perfeito!

Ode ao Cisne Negro, a Natalie Portman, no final... Foi tudo perfeito!

Evoé.
Marcelo Oliveira

segunda-feira, 28 de maio de 2012



FITA CREPE

O que seria do mundo, das artes, da vida se não existisse a FITA CREPE ?

Junta, fios, cabos, perucas, fantasias e brinquedos.
Liga, energia, apaga as manchas.
Cola, papel, madeira, vidro... Meio no improviso.
Arruma, concerta o que esta estragado.
Uni, o que esta solto, despregado, desorganizado.
Prega, quente, frio e porque não o morno? Prega sim.
Adere bem, fica uniforme, fica legal, faz curativo, para o sangue... Tudo arrumadinho.
Adesiva, mudanças, fecha, lacra, viaja.
Costura, figurino, cenário, som e  até iluminação.
Guarda, Comidas, caixas, jóias, papeis e até segredos.

Outro dia vendo a montagem de luz para um certo espetáculo, fiquei abismado com a quantidade  de fita crepe usada para acertar os detalhes das maravilhas do teatro. Primeiro colou os fios nas varas, depois costurou  as velhas cortinas e cobriu os imperfeições do cenário. Deixando tudo na maior delicadeza que nossos olhos não podem ver.
Em fim, tocado o terceiro sinal, nós da plateia nem notamos o feito da maravilhosa invenção chamada Fita Crepe.
E os aplausos, nervosos, alegres, eletrizantes no final do grande espetáculo. Tudo lindo, perfeito.

Fiquei imaginando aqueles pedaços de Fita Crepe, colados no espaço, levantando a voz como uma personagem da ação dramática em num momento revolucionário...

Fita Crepe - EU FAÇO PARTE DESSE SHOW!
Todos - Oh! (assustados)

Sairíamos correndo? Gritando  aos quatro cantos?

Todos - Naquela  peça só tem loucos!
 Artistas?

Ou daríamos o prêmio de o melhor da noite para a Fita Crepe?

Loucura ou não este objeto passou a ser de utilidade pública, necessária para nossas vidas, guardadas em nossa malas...

Seja ela  para colar o meu juízo ou as nossas desarrumações.

Salve a FITA CREPE que tanto nos ajuda, nos momentos mais dificies e delicados da vida.

Ela: Junta, liga, cola, arruma, uni, prega, adere, adesiva, costura, guarda e tantos outros feitos... Só ela pode fazer.

Pode ate colar a boca e as palavras de quem não tem nada a dizer...

Evoé.





segunda-feira, 14 de maio de 2012


E assim começam os estudos da arte de interpretar.
Como em formulas matemáticas, somamos, dividimos, subtraímos, igualamos, multiplicamos nossos dias em busca de resolver problemas cheios de frações,  abarrotadas de números fracionados em suas raízes quadradas sem ordem sem fim.
Cada um com  suas respostas.  Respostas das somatórias constantes de nossas experiências.

Marcelo Oliveira
Evoé

segunda-feira, 12 de março de 2012

Sinceramente, queremos Sinceridade


Creditos para imagem:dark-joana.blogspot.com

Todo mundo quer sinceridade, mas nem todo mundo agüenta ouvir a verdade ("Renato Russo")
Passando e repassando meu tempo no twitter, parei para refletir sobre esta frase do Renato Russo.

Ficamos mais leves quando fazemos o que amamos! Tal qual uma pluma solta no ar sem compromisso de parar! (Acorda Alice, a vida não é uma poesia, dizendo pra mim mesmo...). 

Educadores pregam nas escolas a lei da competência e da concorrência.

Profissionais se engalfiam numa luta constante de conquistas e mais conquistas.

Religiosos brigam com foices afiadas, na conquista do tão sonhado, cantinho do céu. Muitos vendem os tais  cantinhos com incrédulas profecias. E o pior, sabendo na maioria das vezes que este canto não possui valor de compra.

Políticos mentem cada vez mais com suas vozes e falas mansas, na tentativa de fazer os pobres humanos  acreditarem nas suas fichas limpas compradas com módicos pacotes de euros, pois o dólar, as notinhas verdes. Ah! essa já eram.

E o pior de tudo, tem aquele cara, aquela mina, que você acredita ser o seu melhor amigo, o melhor mesmo, aquele do peito feito música do Roberto e Erasmo... Mas ai vem uma bomba.
 Boom!...
  O cara, a mina, te escuta e depois dispara uma metralhadora de palavras vazias, na tentativa de aliviar o seu estado de espirito...Típico você não acha? E Ai? Te resta ficar com aquela cara de exclamação... Ah! É mesmo?! E no final das contas a gente levanta, da aquele forte abraço de agradecimento, beija a face, uma, duas, três vezes, com vontade de dizer aos dentes. Seu Judas! 
A verdade mais verdadeira é  que o tal cara a tal mina saem mais leves de um papo no qual era você o foco da ação. Declamou-se palavras bonitas, pensamentos copiados, comparações desenfreadas foram jogadas ao alem e nenhuma verdade foi dita.

Tudo a mesma coisa, queremos sinceridade mas não estamos preparados para ouvir.
Sinceridade ao educar sem a política da boa Vizinhança.
Sinceridade ao orar, meditar, rezar para um Deus único e verdadeiro.
Sinceridade política de escolha. Poder escolher os verdadeiros e merecidos políticos.
Sinceridade no trabalho que você escolheu para sua vida. Respeitando-o como a sua arte mais bonita.
Sinceridade nas escolhas. Entendeu?
Sinceridade dos amigos.
Sinceridade por si só sinceridade.

Evoé.
Marcelo Oliveira

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

DURAS PEDRAS



Credito imagem: coracaodevasso.blogspot.com

Duras pedras

De um ofício pautado na solidão. Duras pedras...
Na solidão do estudo, na solidão da construção, na solidão das idéias... Para que isso gente?
Vivemos numa época onde o coletivo, a comunidade, a equipe, o conjunto viraram realidade na construção de qualquer ação. Será?
Vejam só: Para construir uma casa é necessário, criar um planta, aprovar projetos, fazer e refazer cálculos, contratar o pessoal do pesado e porque não os de mãos leves, sensíveis, inovadores, pensadores e tantos outros - Bom esse tipo de coletivo não acham? Tudo bem que cada um na sua área mas o produto final é a casa.
E os médicos! Esses sim, semi-deuses com poder da cura, da vida, da pesquisa, do conhecimento, da moral e da ética pela vida... Precisam de uma secretaria, de um assistente, de um farmacêutico, de uma enfermeira e observem; essas pessoas estão  envolvidas com o que? Com a vida. Isso também não é coletivo? Time? Equipe?
Bom, bom bom... Chegando no lugar que mais me afeta, vamos la.
Proximo da meia idade não consigo entender porque no teatro não podemos ter este pensamento coletivo. Seja pra construir um espetáculo, uma performance, uma cena, um monologo ou ate mesmo uma pesquisa, precisamos de gente... Gente que  preencha, gente que produza,  gente que escuta, gente que olha, gente que contribua para o crescimento da arte. Para quem? Para um coletivo de pessoas, o publico.
Teatro sem gente (pessoas) não é teatro. Teatro sem publico não é teatro... Um espaço com palco, cadeiras vazias, sem uma equipe técnica, sem o ator é simplesmente uma casa vazia.
Sinto que passamos ser engenheiros, porque fazemos teatros. Meros  construtores de um tipo de arte que não tem fim. Sabe aquelas lindas historias sem começo, meio e fim, que muitas  vezes mentimos e dizemos: Entendi tudo! Você estava ótimo!  Que bacana! Que legal, foi demais... Mais no fim do dia essa mesma historia não te acrescentou em nada. Historias vazias.
Ih! Sera que estamos  no mesmo lugar, daquele  médico que receita  remédios similares por se achar no  direito de semi-deus e enfiar goela abaixo receitas azuis, cheias de códigos para aliviar o cansaço do tal estress? Ou aquele engenheiro que tem um método de trabalho próprio colocando no meio da sua sala uma pilastra grega porque faz parte da estética do momento?

Cuidado (bonita esta palavra, não acham?)!!! Cuidado em nos colocar naquele lindo lugar de artistas intocáveis, presos na boba  intelectualidade, mascarando os  medos e as fraqueza e o pior,  chegar  a conclusão  que somos, nada.
Duras pedra meus caros. Construímos para encher nossos bolsos? Produzimos para a
alegrar as pessoas? Somos artistas para quem?
Para EU
Para TU
Para ELE ou ELA
Para NÓS
Para VÓS
Para ELES E ELAS

Ou para NINGUÉM?

Marcelo Oliveira
Evoé

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

EU=EGO Uma equação do Masculino e do Feminino

Creditoda imagem: A. Rumbell 98

EU=EGO Uma equação do Masculino e do Feminino

Refletir sobre o eu, o ego, o masculino e feminino devia nos colocar numa prancheta daquelas de papel compensado com garra de metal no alto com aquele barulhinho de ferrugem desanimador, como objeto analítico de estudiosos de varias áreas, não somente dos capazes doutores da psiqué.
Hoje em dia trabalhar o eu interior e exterior virou moda.
Numa sala de analise ficamos anos e anos pagando nosso pobre ou rico  dinheirinho pra uma figura de branco, estática, imóvel, paga para nos escutar, nos avaliar e ate nos medicar em busca da cura dos nossos males.
Também temos a opção de sair por  ai viajando, comprando, alimentando o corpo com fantasias, pintando mascaras e criando personagens...
Ouço muito de pessoas sensatas que comprar uma roupa alivia o estres, seja cara, barata, de marca ou sem marca. Será que alivia mesmo? Ou será que inflamos nosso ego, escondendo assim as nossas fraquezas?...
No mundo de hoje o que  mais se ouve  nas conversas  de bar é sobre o EU.
Eu fiz isso, eu fiz aquilo, Eu estou fazendo, Eu estou por  fazer e por ai vai o Eu entre um copo e outro sem esquecer das tragadas de nicotina que detonam mais ainda  o seu Eu, ajudando assim inchar cada vez mais o seu EGO.
E o masculino e o feminino onde se encontram nesta luta inconstante do EU com o EGO. Ficam na igualdade, na matemática absurda da vida sem valores, na soma das quantidades sem qualidade, nas subtrações dos desejos para satisfazer os outros, na raiz quadrada cheia de numeros quebrados impossíveis de juntar, nas formulas decoradas da resolução de um simples problema.
EU=EGO+MASCULINO-FEMININO Pode Resultar em NADA.

Refletir é estar alerta quando se tem que decidir.

Evoé

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

RECOMEÇAR

Crédito imagem Paulo Leite- Imagens.com

"Começar  de novo, e tentar comigo, vai valer a pena, ter amanhecido, ter me rebelado, ter me debatido, ter me machucado..."

Como nos belos versos da canção "Começar de novo" da Simone, mais uma ano chegou. Depois de alguns dias de férias, alguns encontros com amigos,  algumas boas risadas com a família,  frases e palavras lidas e gastas com o prazer... Esta na hora de Recomeçar.
Penso  que um recomeço devia ter o mesmo prazer de um namoro.
Primeiro os leves toques ate chegar nas  carícias,
Pequenos  beijos para elevar a paixão
Abraços, carinhos, amor intenso
Ate chegar no casamento.
Maior prova de um amor  sincero.
Reflexão de uma escolha, acertada com a sua verdade.
Citações antigas  fazem sentido na modernidade!
"Cada um deve ser responsável pelas suas escolhas..."
Escolher ser artista, escolher ser educador, escolher ser parceiro, escolher ser amigo, escolher o amor e a paixão pela arte ...Foram minhas escolhas...
Portanto recomeçar só trás alegrias.
Seja feliz em cada recomeço; lutando contra as rotinas, contra as maledicências, contra o mal humor, contra a hipocrisia. Contra tudo e contra todos.

Coragem e fé.

Marcelo Oliveira